Investimentos em imóveis

Airbnb: entenda como funciona e conheça seus principais riscos

Com certeza você já ouviu falar do Airbnb, mas para que você conheça um pouco mais sobre esse site que promete facilitar as hospedagens dos viajantes em todo o mundo, preparamos esse guia básico, com todas as informações que você precisará para entender como funciona o Airbnb.

Conhecendo um pouco mais sobre o seu funcionamento é possível identificar os principais riscos envolvidos nesta promessa de locação bed and breakfast, fácil e econômica. Então preste atenção em todos os detalhes antes de optar pelas melhores opções e garantias para sua hospedagem. Boa leitura!

O que é e como funciona o Airbnb

Airbnb é um site onde proprietários de diversos tipos de espaços para hospedagem divulgam e alugam seu imóvel para viajantes do mundo todo. Desde uma casa ou apartamento inteiros, com sala de estar, cozinha e lavanderia equipadas, até apenas um espaço com sofá para dormir.

Sendo assim, existe uma infinidade de opções dentre as hospedagens e com certeza uma delas deverá atender a sua necessidade ou de sua família. O site disponibiliza diversos filtros para facilitar sua pesquisa. Você poderá escolher de acordo com a localização, os valores, ou mesmo a quantidade de itens que você precisará durante a estadia — como ar-condicionado, cozinha equipada, cofre, wifi, etc.

É inegável que o Airbnb cumpriu sua missão de aproximar viajantes de todo o mundo com moradores locais, que disponibilizam seus espaços para locação. O site também tornou-se um meio de renda extra para quem tem algum espaço vazio em casa, ou nos finais de semana. 

Cuidados na hora da escolha da hospedagem pelo Airbnb

Algumas dicas são interessantes na hora de escolher o espaço que você vai alugar e passar alguns dias. Além dos filtros que vão facilitar sua escolha, preste atenção nos comentários de quem já esteve no imóvel e priorize os anfitriões com melhor reputação no site. Cheque também todas as condições da reserva, dentre elas as condições de cancelamento.

Quem define o critério de cancelamento entre flexível, moderada e rigorosa é o anfitrião. Infelizmente um dos pontos negativos do site é que a maioria dos anfitriões escolhe o critério de cancelamento rigoroso, ou seja, em caso de cancelamento com antecedência menor que 1 semana, não será devolvido nenhum centavo.

Em caso de cancelamento, seja qual for a política escolhida, a taxa de intermediação do site não será devolvida. No entanto, a taxa de limpeza calculada no momento da reserva do espaço será devolvida, em caso de cancelamento.

Também não se deixe enganar pelas fotos dos imóveis — nem todas são totalmente reais. A maioria é feita por fotógrafos profissionais e algumas fotos passam por tratamento que podem atrair visualmente um número maior de hóspedes. Nossa dica é que você verifique a fachada e o endereço no Google Maps e Street View, antes de tomar sua decisão.

Outra dica é prestar bastante atenção em alguns detalhes omitidos e pergunte se tiver dúvidas, por exemplo: na Europa é muito comum apartamentos no quinto ou sexto andar que não contam com elevadores. Seria bastante desagradável subir por escadas estreitas com malas pesadas. 

Como reservar e pagar o Airbnb

Após fazer sua escolha, você deve fazer a reserva e escolher a opção de pagamento, que inclui cartões de crédito, débito, boletos, PayPal — recentemente foi incluída a possibilidade de parcelamento em até 3x.

Existem reservas instantâneas, nas quais você escolhe e faz o pagamento imediatamente para confirmar. Outras reservas são realizadas mediante aprovação do anfitrião, sendo assim, é necessário aguardar a confirmação para concluir a reserva.

Atenção com o preço fornecido pelo Airbnb

Existem diversos fatores que você deve ficar atento na hora de utilizar o Airbnb, dentre eles está a questão do preço. O valor que aparece no momento que você faz a busca ainda não será o valor final da hospedagem — nele será incluído taxa de limpeza, por exemplo. Muitas vezes, o valor final não será vantajoso, levando em conta o custo-benefício da hospedagem.

Os menores valores se esgotam primeiro. Portanto, mesmo que não se tenha uma redução de valores pela antecedência da reserva, é importante se antecipar para garantir que terá maior quantidade de opções para fazer a reserva.

Embora o site tenha abrangência mundial, em alguns locais você não encontrará muitas opções ou mesmo alguma que seja vantajosa em relação ao aluguel de uma casa de temporada, ou ao tradicional hotel. Portanto, para cada caso é necessária uma avaliação antes de tomar a decisão que será a melhor para você. 

Entenda os riscos do Airbnb

Um dos pontos fracos do Airbnb é relacionado à segurança dos hóspedes. Isso porque não existe verificação ou garantia, por parte do site, de que aquele imóvel atende aos requisitos básicos de segurança e também higiene para hospedagem.

Alguns acidentes já foram relatados por usuários de diversos locais, tais como: vazamento de gás, acidente com quebra de balanço com condições inadequadas ao uso e sem aviso prévio ao hóspede. Também já foram relatados casos de assédios por parte do anfitrião.

Cabe ressaltar, que na maioria dos casos o site se exime de qualquer responsabilidade e orienta que as dificuldades devem ser resolvidas diretamente com o anfitrião. Tal política não parece adequada, afinal de contas toda a intermediação até a sua chegada ao imóvel é feita pelo site, que inclusive cobra uma taxa por isso. 

Com a quantidade de hóspedes que o Airbnb já atendeu (em torno de 60 milhões), espera-se mais da empresa, tendo em vista que questões relacionadas à segurança são primordiais e afetam diretamente inclusive a continuidade dos serviços do site. Isso ainda é um tema polêmico para a organização, que parece ainda não dar a atenção necessária ao tema.

Conheça outras opções além do Airbnb

Além dos sites de reserva de hotéis, uma excelente opção é consultar as imobiliárias da região que você pretende visitar e verificar as opções disponíveis para locação de temporada, com toda a segurança que uma empresa experiente poderá lhe fornecer.

As imobiliárias vistoriam todos os imóveis disponíveis para locação, garantem a intermediação da hospedagem/aluguel do começo ao fim. Existem também seguros que podem ser contratados e as imagens do imóvel são reais, garantindo que você não vai se decepcionar em relação ao estado das paredes, teto, móveis, localização, etc.

Infelizmente temos que pensar que imprevistos acontecem e caso aconteçam, você precisará de um apoio imediato e efetivo na solução dos problemas. Por isso, ressaltamos a importância de contar com uma empresa consolidada na área, sempre disponível para resolver o que for necessário ao seu hóspede.

Mesmo após entender como funciona o Airbnb, é interessante reconhecer outras opções de locação, para garantir uma temporada livre de problemas, afinal, o foco da estadia é o seu lazer!

E você, já se hospedou pelo Airbnb? Achou nossas dicas importantes para evitar problemas em sua próxima viagem? Deixe seu comentário em nosso post sobre suas experiências com aluguel de temporada!

 

Sobre o autor

Imobiliária Shopping Imóveis

Deixar comentário.