Investimentos em imóveis Mercado imobiliário

Afinal, por que aluguel de temporada é rentável? Descubra aqui!

Aluguel de Temporada: descubra porque tem ótima rentabilidade

Entre as várias possibilidades de investimentos existentes, a segurança e a rentabilidade que o mercado imobiliário é capaz de proporcionar são os principais motivos de atração dos investidores que optam pela compra de imóveis. Porém, considerando os tipos disponíveis e as muitas finalidades que podem ser atribuídas a cada um deles, o próprio mercado oferece uma série de alternativas que são bastante diversificadas.

Neste artigo nós vamos destacar o quanto o investimento em um imóvel que será destinado ao aluguel de temporada pode ser rentável.

Risco x rentabilidade

Fazendo uma análise sobre as várias modalidades de investimentos disponíveis podemos perceber que a rentabilidade que determinados ativos têm a oferecer costuma ser inversamente proporcional à segurança que é dada ao capital investido. Ou seja, se por um lado as aplicações que oferecem mais segurança são as menos rentáveis, por outro, as de maior risco costumam proporcionar maior lucratividade para os investidores

Veja o mercado de ações, por exemplo, que pode proporcionar lucros incríveis, da noite para o dia, para quem investe nele. Porém, é fato conhecido que o os riscos existentes nas bolsas de valores são enormes e as possibilidades de verdadeiras fortunas serem transformadas em poeira, também da noite para o dia, são reais.

No outro extremo, temos a Caderneta de Poupança, que é um investimento seguro, protegido pelo Fundo Garantidor do Crédito (FGC). Contudo, a Poupança tem apresentado rentabilidade muito baixa. Além disso, há um limite de aplicação garantida pelo FGC que é fixado em R$250 mil por CPF por instituição financeira.

É preciso convir que esse montante que não chega a ser um patrimônio tão significativo, capaz de dar real segurança para quem o possui.

Investimento seguro

No mercado imobiliário, por sua vez, é possível reunir segurança e rentabilidade.

O investimento em imóvel é seguro porque estamos falando de um patrimônio material palpável, que não se corrói com a inflação e nem sofre com as variações das bolsas de valores. Ao mesmo tempo ele é rentável porque, além da valorização natural que um imóvel é capaz de receber, existe também a renda mensal que as locações podem proporcionar.

Falando em termos de rentabilidade, contudo, é preciso considerar que o aluguel de temporada tem especial capacidade de gerar rendimentos, pelos motivos que veremos a seguir.

Lucros pelo aluguel

Até meados dos anos 2000, na maior parte das cidades brasileiras que têm um mercado imobiliário consistente, era possível falar em valor de aluguel mensal girando em torno de 1% do preço do imóvel. Isso significa que quem tinha naquele tempo um apartamento valendo R$200 mil podia cobrar algo em torno de R$2 mil pela locação dele.

Contudo, por vários fatores relacionados à economia e à própria oferta imobiliária, essa realidade foi se transformando. Atualmente, a não ser em situações muito peculiares de imóveis exclusivos que recebem grande demanda, não é mais possível falar em 1% nas locações permanentes.

O mais sensato seria dizer que o percentual em torno de 0,5% do preço do imóvel para o aluguel hoje seria algo razoável para a média dos existentes na maior parte das cidades brasileiras.

Por esse raciocínio, por exemplo, uma kitnet em Meia Praia, em Itapema – SC que hoje custa em torno de R$200 mil poderia render um aluguel mensal (anual) na ordem de R$1 mil.

A rentabilidade do aluguel de temporada

Se falamos de um aluguel de temporada, a rentabilidade poderá ser muito mais elevada, como comprova o raciocínio a seguir.

Afinal, tomando como referência a mesma kitnet em Meia Praia, podemos estabelecer uma diária de R$100 para ela, valor que é bastante atrativo para o turista que procura o descanso em Itapema. Portanto, se tivéssemos esse empreendimento ocupado pelos 30 dias de um mês a rentabilidade dele seria de R$3 mil naquele período, o que representa 1,5% do valor do imóvel.

Porém, é claro, existem os aspectos que interferem na remuneração que um imóvel alugado por temporada é capaz de oferecer. São eles a sazonalidade da ocupação, a localização e a qualidade dele.

Sazonalidade

No caso da sazonalidade, é preciso considerar que os imóveis ficam ocupados por um período mais longo na alta temporada e por um tempo mais breve na baixa temporada.

Em Itapema, onde está localizada a kitnet do exemplo que estamos seguindo, é possível estimar que os imóveis alugados temporariamente ficam ocupados em 100% do tempo na alta temporada — que dura os 90 dias de dezembro a fevereiro — e em 50% do tempo no resto do ano.

Fazendo as contas, veremos que aquela kitnet renderia R$9 mil nos 90 dias da alta temporada. Além disso, ela ficaria ocupada por mais 137 dias, ou seja, pela metade dos 275 dias restantes do ano. Assim, ela renderia mais R$13.700 de março a novembro. No total, a rentabilidade de um ano seria de R$22.700.

Dividindo essa rentabilidade pelos 365 dias do ano, teríamos uma diária média de R$62,20 que, multiplicadas por 30 dias, dariam R$1.866 de renda mensal. Ou seja, 0,95% do valor do imóvel.

Isso significa que quem opta por alugar por temporada consegue uma remuneração mensal bastante próxima de 1% do valor investido, praticamente dobrando aquilo que obteria caso alugasse de maneira permanente.

Localização e qualidade do imóvel

No caso da localização e da qualidade do imóvel, é fácil compreender que quanto melhores elas forem maior será a possibilidade e pedir um bom valor de diária.

Assim, um imóvel próximo aos atrativos turísticos e que esteja cercado por boa infraestrutura — restaurantes, padarias, bares etc. — tem possibilidade de alcançar um valor de diária maior.

Ao mesmo tempo, aqueles que são bem conservados e que oferecem itens de conforto também obtêm valores de locação mais elevados.

Dicas para aumentar a renda da locação

Diante disso, vale a pena observar algumas dicas que podem interferir positivamente no valor de um aluguel de temporada. Confira!

Localização

Da mesma forma que as cidades turísticas atraem mais pessoas e, portanto, maior número de locatários por temporada, o bairro onde o imóvel está localizado é de extrema importância.

Sendo assim, procure investir em cidades onde os mercados são promissores e onde os pontos turísticos são reconhecidos e atraem grande volume de turistas. Quando escolher uma boa cidade para investir, procure nela pelos bairros preferidos dos turistas, que tenham boa infraestrutura, e aplique o seu dinheiro ali.

Cidades litorâneas, como Itapema, são ótimas opções nesse sentido.

Conforto, praticidade e segurança

Além de um bom lugar para passar as férias, o turista também quer conforto, praticidade e segurança. Portanto, procure investir em imóveis que ofereçam estas condições e também em itens que possam torna-los ainda mais agradáveis para o locatário que, na verdade, deve ser visto como um hóspede.

Naturalmente, o valor do investimento em itens de conforto — como, por exemplo, em ar condicionado, TV de boa qualidade e internet wi fi, entre outros itens — deve ser proporcional ao tipo de público que se deseja atender.

Porém, qualquer que seja o público que você escolha atender o investimento feito para proporcionar a ele o melhor certamente obterá um retorno compensador.

Conservação e limpeza

Por fim, cabe destacar que, em qualquer circunstância, o investimento na conservação de um imóvel é essencial não só para que ele se mantenha valorizado no mercado, como também para que ele possa proporcionar a rentabilidade compatível com o padrão que tem.

No caso de um imóvel para aluguel de temporada esse é um aspecto é ainda mais relevante. Afinal, o inquilino permanente convive diariamente com o imóvel e desenvolve uma tolerância com relação ao desgaste natural que o uso acarreta.

O locador temporário, por sua vez, tem sempre a expectativa de encontrar o imóvel nas melhores condições.

Com isso, além de investir nas manutenções periódicas, também é indispensável cuidar para que o imóvel sempre seja entregue limpo e em perfeitas condições de uso para o inquilino temporário.

Quem age assim percebe que essa é uma estratégia que vale a pena. Afinal, o turista satisfeito reconhece que o valor da diária é compatível com a hospedagem que recebeu. Assim, ele tende a voltar em outras ocasiões e ainda pode indicar o imóvel para outras pessoas.

Se você ainda tem alguma dúvida ou quer dar a sua opinião sobre aluguel de temporada, deixe abaixo o seu comentário. Queremos muito saber o que você está pensando e teremos imensa satisfação em ajudar.

Sobre o autor

Imobiliária Shopping Imóveis

Deixar comentário.